RESULTADOS PREVISIONAIS DO PROJETO

Resultados previstos ao nível de produto e de processo:

  • Caracterização da microbiota inerente ao queijo Serpa e estabelecimento das estirpes mais importantes do processo;

  • Correlação entre perfil microbiano e atributos positivos e característicos deste tipo de queijo;

  • Isolamento e identificação das estirpes-VALOR, ou seja as estirpes associadas a um efeito benéfico quer seja do ponto de vista tecnológico, quer nutricional/probiótico ou que realce determinadas características sensoriais;

  • Desenho de inóculos-VALOR, ou seja, inóculos comercializáveis bem adaptados à tecnologia de produção e/ou ao realce de características diferenciadoras de produto, e que simultaneamente assegurem no microambiente do queijo, condições que promovam a segurança e a sua maior estabilidade ao longo do armazenamento e comercialização.

Os inóculos-VALOR permitem aumentar a competitividade do setor:

  • Valorização da matéria-prima de qualidade inferior e inadequada para a produção de queijo com DOP;

  • Consolidação da segurança alimentar dos produtos permitindo alargar o mercado de exportação;

  • Diversificação da oferta pelo aumento do portefólio de produtos (elaboração de produtos com características sensoriais distintas ou enaltecendo a vertente probiótica);

  • Incremento da qualidade do leite utilizado nas queijarias devido à implementação de sistemas simples, mas eficazes, de controlo da matéria-prima (leite) à entrada;

  • Incremento da transparência nas relações comerciais entre o comprador e o vendedor de leite devido à implementação do controlo da matéria-prima (leite) à entrada.

 

Orientar os leites de qualidade excecional para a produção de queijo Serpa-DOP.

PROJETO COFINANCIADO POR:
PDR_PT2020_FEADER (3).png